Qual é a sua Especialidade?

In blog by zasnicoff

contorcionismoGanhe um curso completo de produtor musical! Procura-se especialistas. Todos os meses adicionamos um novo material didático na Academia do Produtor Musical. Você está convocado para criar seu vídeo e participar.

Concorra a um curso de produção musical, incluindo seis meses de acesso à Academia. Basta fazer um vídeo didático com alguma dica sobre produção musical. Seu conteúdo poderá ser escolhido e utilizado como material exclusivo dos assinantes (veja detalhes no final do post).

Qual sua especialidade? Não importa em que fase da carreira você se encontra, há muitas pessoas que podem aprender com você.


Talvez você esteja começando. Tudo é novidade e nos perdemos em conceitos. O cérebro se concentra em teoria e não tem folga para ser criativo. Falta auto-confiança, temos receio de experimentar e aprender na prática. A ansiedade também dificulta. Mergulhamos em revistas, fórums e começamos a desenvolver a “Síndrome de Aquisição de Equipamentos” – que irá nos acompanhar por muito tempo. A cada semana um novo conceito se torna mais claro: faltava a prática para complementar a teoria. É difícil fazer orçamentos e cobranças. Tudo isso faz parte do processo e neste ponto já desenvolvemos algumas…

i) Especialidades: decorar modelos de microfones e plugins, comparar DAWs, experimentar equipamentos (nem sempre muito úteis), transformar o quarto de casa em um belo home studio, ler 35 páginas por dia, gastar 2 horas em sites e fóruns. Se você está nesta fase, saiba que muita coisa que já aprendeu pode ser compartilhada com vários outros iniciantes. É perito em arquitetura criativa para home studios? Sabe como indicar um DAW para cada objetivo? Pesquisou e descobriu equipamentos com excelente custo/benefício e utilidade? Consegue gravar com resultados decentes usando os ambientes de casa? Especializou-se em baterias virtuais e samplers?

Em paralelo, começamos a nos perguntar: Por que minhas gravações ainda não soam tão bem quanto eu gostaria?


Talvez você já tenha alguns anos de carreira. Aprendemos que a boa acústica é fundamental para monitorar, gravar e mixar. Melhor seria investir mais no tratamento do home studio, ou então buscar uma sala maior, antes de gastar mais dinheiro com equipamentos. Mas a tentação é comprar um mic novo, e 90% de nós mortais acabamos fazendo isso. Já temos uma boa noção de nossas competências, nem tanto de nossas fraquezas. Juntamos algumas produções na bagagem, enquanto começamos a perceber que as revistas parecem repetir as mesmas matérias a cada 6 meses. Onde estão os bons livros? Os bons cursos? Nossos primeiros clientes são os próprios amigos (e alguns deixam de ser amigos durante a produção). Depois conseguimos alguns clientes de verdade, oferecendo um preço ridículo. Eles querem pagar o mesmo que pagariam para seus cunhados, mas esperam ter o resultado de uma gravadora com orçamento de R$100,000. A dificuldade é explicar para o cliente que não vai rolar um disco de ouro. Primeiro, porque ainda não somos tão competentes. Mas principalmente, porque nem as músicas e nem os músicos são tão bons assim quanto eles pensam. Também não há orçamento para gravar com calma. Por vezes, pensamos em desistir (como vou me profissionalizar e ganhar dinheiro?). Mas aí lembramos que só se passaram poucos anos. Todo profissional leva um bom tempo para decolar a carreira. E continuamos desenvolvendo nossas…

ii) Especialidades: extrair o máximo dos poucos equipamentos que temos, gastar 4 horas em sites e fórums (só que dessa vez mais comentando do que perguntando). Conhecer os atalhos do DAW, se divertir em cada projeto, descobrir a verdadeira utilidade de cada equipamento, convencer-se de que ainda há muito para estudar e praticar. Conseguiu conectar todos os equipamentos de um jeito criativo e funcional? Quais são os sites, blogs e livros que valem a pena? Especializou-se em alguma DAW e conhece alguns truques interessantes? É expert em produzir demos eficientes com rapidez e baixo custo? Que atividades se mostraram mais lucrativas no mundo do áudio?

E seguimos pensando: Por que será que minhas gravações ainda não soam como eu gostaria?


Talvez você trabalhe na área há muitos anos e já sinta falta da fita magnética (infelizmente eu não peguei esta época). Nesta fase, finalmente compreendemos o mecanismo por trás do controle de ataque e release do compressor óptico e como isso pode ajudar o áudio a ficar mais interessante. Cada compressor tem um som diferente, é verdade, mas todos são compressores e fazem a mesma coisa. O mais importante sempre será a música, a interpretação, o arranjo. Finalmente compreendemos porque aquele último cliente não ficou tão satisfeito com o resultado. Somos mais auto-críticos e nossos ouvidos já mostram sinais de amadurecimento. O mix que escutamos no rádio tem informações que nunca havíamos percebido antes. Notamos que algumas músicas no rádio possuem sérios problemas de produção (sabemos até o que fazer diferente: “ah se eu fosse o produtor…”). Chegou a tão esperada auto-confiança. Você já seleciona clientes e consegue fazer melhor uso do tempo dentro do estúdio. E, naturalmente, você desenvolve novas…

iii) Especialidades: escutamos as músicas e conseguimos analisar 8 critérios de produção sem fazer esforço. Entendemos até onde se pode chegar em cada projeto, deixando isso bem claro para o cliente. Já não gastamos tanto dinheiro em revistas e livros medíocres (e nem em equipamentos inúteis). Perdemos de vez o medo da concorrência, afinal existe mercado para todos. Neste ponto (e só neste ponto) já é possível ter bons resultados com monitoração ruim ou fones de ouvido (o problema não era os equipamentos, era você!). Tem algum macete para encontrar talentos e clientes? Como fazer o som soar mais comercial e profissional? Quais são os poucos plugins e equipamentos que você não troca por nada? Especializou-se em pré-produção, gravação, mixagem? Quais os erros mais comuns que cometia no passado?

E a sensação continua: Por que será que minhas gravações ainda não soam como eu gostaria?

Claro! Sempre buscamos um objetivo além de nossas capacidades. Provavelmente todo artista, banda, engenheiro ou produtor sempre acreditará que poderia ter feito melhor. Nossas referências estão sempre mudando, o gosto está evoluindo, assim como a audição. Que seja sempre assim.

Nós falamos sobre ensinar, mas e quanto a aprender? O que você gostaria de aprender neste momento da sua carreira? Deixe seus comentários abaixo e arrisque-se a gravar seu vídeo!

DETALHES SOBRE A CONVOCAÇÃO: Nem todos os vídeos enviados serão selecionados. Somente os vídeos selecionados pela administraçao da Academia serão utilizados e conferirão ao seu autor/produtor 06 meses de acesso gratuito à Academia, podendo acessar o curso completo de produção musical. O autor/produtor do vídeo didático autoriza a Academia a utilizar seu vídeo, sem prazo especificado ou limite de acessos, somente dentro da Academia, para seus membros assinantes. O vídeo em questão não poderá ser acessado de qualquer outra forma que não seja através da Academia. Portanto, não poderá ser publicado no YouTube ou em qualquer outro serviço de acesso público para streaming ou download. O vídeo deverá ser armazenado em um local seguro e não público, de maneira que a administração da Academia possa fazer download do arquivo. Para tanto, um link para o vídeo deve ser enviado para o endereço admin(arroba)academiadoprodutormusical.com (por exemplo, um link privado – não público – do YouTube). Esta promoção tem prazo indeterminado e pode terminar a qualquer momento. O vídeo deve ter duração de até 15 minutos, áudio e imagem inteligíveis. Boa sorte!