Checklist Antes de Gravar

In blog by zasnicoff

Planejamento de Gravação - Dennis Zasnicoff - Produção MusicalEstava preparando algumas sessões de estúdio para os próximos dias, me ocorreu como é importante o correto planejamento das gravações – redação de documentos, organização e  comunicação com músicos e técnicos antes de apertar o botão de REC.

Uma sessão de gravação já é naturalmente “tensa”, músicos e técnicos estão procurando dar o melhor de si, enquanto o taxímetro do estúdio está rodando. Temos que prever o imprevisto, deixar todos confortáveis o mais rápido possível e superar os problemas (que certamente vão aparecer!) com tranquilidade e criatividade, para que todos possam se concentrar NA MÚSICA.

No mais, um bom planejamento pode diminuir a utilização do estúdio pela metade e economizar dezenas de horas durante a edição e mixagem. Mais um motivo para contratar um produtor musical ! Se ele(a) trabalhou com os artistas durante a pré-produção, estará bastante familiarizado com o repertório, dificuldades, instrumentação, timbres, objetivos – podendo compartilhar todas as informações com a equipe dentro do estúdio.

Por isso faço questão de redigir alguns documentos antes da primeira sessão. Estes são alguns deles:

  • Folhas da Sessão: para todas as músicas que serão gravadas, compassos, acordes, instrumentação, andamento, tonalidade, sessões críticas, gravação-guia. Devem ser distribuídas e discutidas com todos os músicos e técnicos.
  • Controle de Takes: quando você menos perceber, existem 34 gravações de vocais, 26 de bateria para cada uma das 8 trilhas, uma infinidade de pistas no Software, tela abarratoda. Como lembrar qual foi o melhor take do vocalista? Onde está aquela virada de bateria que ficou simplesmente perfeita? Através do controle de takes, o produtor faz anotações durante toda a sessão, classificando as gravações com notas, números, nomes e observações.
  • Esquema de Trilhas: quais os canais utilizados na mesa de som e/ou no computador, quais as pistas dentro do software que eles representam e a que instrumentos e microfones eles estão conectados? Os cabos foram etiquetados? Anotadas as configurações de cada equpamento, efeito, pré, microfone, pedal de guitarra? Em que sala e como os instrumentos serão gravados? Em que ordem? Este documento deve ser estudado com o técnico, preferencialmente um dia antes da sessão.
  • Checklist da Técnica: o áudio está configurado para 24 bits, no sample rate correto? Nomenclatura das pistas, disco rígido, política de backup, níveis de gravação, sinalização entre produtor, técnicos e músicos, cue mix para artistas, microfone de talkback.
  • Checklist do Estúdio: afinação dos instrumentos, cordas e peles reservas, ferramentas, equipamentos, acessórios. Sabe onde começa e termina de gravar? Ensaiou o suficiente?
  • Boas-vindas: todos sabem qual o objetivo das gravações de hoje? A ordem das músicas? Alguma preocupação em particular? Há comida e bebida de fácil acesso? Cadeiras ou sofá para descanso? O que acham de começarmos com uma passagem ao vivo, todos juntos?  A iluminação está adequada? Todos já foram apresentados? (PS.: é sempre uma boa idéia gravar esta primeira passagem. Serve para ajustar níveis, ouvir cada canal, identificar problemas de ensaio e quem sabe, já registrar o take perfeito!)

Como você pode perceber, há muitas coisas com o que se preocupar para garantir uma sessão proveitosa e musical. Será que o artista, concentrado em sua performance, pode se preocupar com tudo isso? Será que o técnico de gravação conhece a banda suficientemente para fazer este planejamento?

É por isso que eu sempre digo – produtor que não acompanha as gravações, para mim não é produtor.

Take 17…. Gravando!