espectro_original

Mini-Tutorial sobre DELAY (parte 2/8)

In blog by zasnicoff

Este primeiro exemplo utiliza um delay de 1ms, ou um milésimo de segundo. É como se a música fosse mixada com uma cópia de si mesma, atrasada de 1ms. Como veremos nos próximos artigos, nossos ouvidos ainda não conseguem distinguir os dois sons como sendo distintos. A sensação de “eco” só começará a ser percebida para atrasos de 30ms ou superiores.

No entanto, outro fenômenos acontecem e são perfeitamente audíveis. Um pequeno atraso de 1ms já é suficiente para descaracterizar o som original, normalmente resultando em um efeito negativo.

Na natureza, atrasos desta ordem acontecem a todo instante. Se considerarmos a velocidade de propagação do som, veremos que durante 1ms as ondas sonoras se propagam por aproximadamente 34cm. Em outras palavras, sempre que a diferença entre duas ondas sonoras for de 34cm, haverá um delay de 1ms em nossos ouvidos.

O exemplo mais prático, dentro de um estúdio, acontece quando 2 microfones estão captando a mesma fonte sonora, como é o caso em microfonações de bateria. Se um dos microfones estiver a 1 metro do bumbo e outro a 1,30m, haverá um atraso de cerca de 1ms entre as duas captações. Quando elas forem mixadas, o som do bumbo sofrerá um fenômeno similar ao que escutaremos a seguir. Coloque os fones !

(de 5 em 5 segundos, alterna-se entre as versões sem atraso e com atraso de 1ms)

[audio:1ms.mp3]

Repare como o equilíbrio tonal fica prejudicado. Algo sugere que a música está precisando de equalização. Pode-se notar problemas de fase, típicos de um mal posicionamento de caixas acúsitcas ou conversão pra MP3. Este fenômeno é conhecido como FILTRO-PENTE. Neste exemplo, ele é bem notável no som da caixa da bateria, que perde corpo e naturalidade.

As razões que fazem surgir o filtro-pente vão além do escopo deste artigo, mas podemos entender porque ele recebe este nome, se olharmos para a análise do som em um Espectrograma (gráfico que representa as diferentes frequências e intensidades).

A primeira figura representa a música original. O gráfico é uniforme, indicando um bom equilíbrio entre graves, médios e agudos. No segundo caso, a música sofreu diversas “equalizações” que lembram a forma de um pente de cabelo.

Muito cuidado quando mixar sinais de dois microfones que contenham áudios similares. Fique atento também para o posionamento dos seus monitores dentro do estúdio, posição de audição e superfícies refletoras que podem causar filtro-pente, como mesas, consoles, paredes, teto e piso. Você pode estar ouvindo tudo distorcido sem saber… Às vezes um pequeno erro de edição com o mouse modifica a posição de uma trilha no software de mixagem, causando um atraso, pequeno mas fatal.

No próximo artigo, veremos o que acontece quando o delay sobe para 3ms. Até lá!

espectro_originalespectro_delay1ms