Imagem Sonora ou Som Visível?

In blog by zasnicoff

Já sei o que fazer no meu próximo tempo livre. Aí está o video-game que faltava!

Quem trabalha com áudio deve conhecer uma ferramenta chamada ESPECTROGRAMA. Trata-se de uma representação visual do áudio, com a escala de frequências na vertical e o tempo na horizontal. A cada instante, podemos visualizar que frequências estão sendo reproduzidas, e com que volume, através da cores e intensidades no gráfico.

Numa representação tradicional de INTENSIDADE vs. TEMPO (aquela usada pelos softwares de gravação), este seria o gráfico de um impulso sonoro. Algo como um tiro de pistola dentro de uma sala fechada. O som intenso inicial decai por alguns instantes até que exista somente o piso de ruído ambiente.

impulso sonoro

Já o espectrograma equivalente seria algo como isso abaixo. Repare nos sons intensos (vermelho, branco) e no decaimento gradual das intensidades nas várias frequências. Claramente, existe uma região mais intensa, neste caso determinada pelas características acústicas da sala.

espectrograma do impulso

Pois bem, se o áudio pode ser transformado em uma imagem, por que não fazer o contrário e transformar uma imagem em som?

Essa é a idéia do PhotoSounder , programa que pode ser baixado por US$35, para você fazer suas criações e experiências.

 

É só viajar um pouquinho para encontrar diversas utilidades:

– Descobrir o som daquela foto antiga do avô jogando pólo

– Usar suas habilidades de Photoshop para criar sons diferentes e originais

– Buscar uma idéia para uma composição

– Mandar uma mensagem sonora para um amigo, através de uma foto anexa

– Incluir uma vinheta na capa do disco !!! Essa me parece ótima, não se esqueça de citar que foi idéia minha, hein ;-)

Aqui estão ótimos exemplos que ilustram o funcionamento.